FECHAR
1
?
b
b
DESTINOS
?
BUSCA
m
ASSINE
n
p
FECHAR BUSCA
X
Receba nossos posts em seu e-mail.



?
Destino

Impressões de Kuala Lumpur

3 de outubro de 2016 | POR Nini Ferrari
Kuala Lumpur - Malásia
Follow my blog with Bloglovin

Conhecer a Malásia nunca foi um sonho e em nenhum momento pensamos no país como um destino de viagem, porém, quando decidimos passar nossa nova temporada nômade no Sudeste Asiático, a Malásia acabou entrando no roteiro.

Um dos motivos, foi a oferta de voos mais em conta para a capital malaia, Kuala Lumpur, partindo de São Paulo. Além disso, a cidade também é um grande “hub” de voos baratos para os outros países da região, e assim, depois poderíamos decidir para onde ir.

Quando contamos para alguns amigos que já conhecem Kuala Lumpur, que começaríamos por ela, as opiniões foram unanimes, nenhum deles disse gostar da cidade, mas, quisemos ver com nossos próprios olhos.

kuala-lumpur-malasia-a-path-to-somewhere5

Hoje, após passar quase uma semana em KL, como dizem os próprios moradores, posso dizer que também não nos apaixonamos por ela, mas achamos um ótimo lugar para começar a explorar essa parte do globo, já que o choque cultural não foi tão grande quanto imaginávamos ao falar sobre a Ásia.

Kuala Lumpur é uma cidade grande, que poderia facilmente estar em qualquer país do ocidente. Tem arranha-céus enormes e modernos que poderiam estar em Manhattan ou Londres e até uma ocidentalização acelerada que me incomoda um pouco.

kuala-lumpur-malasia-a-path-to-somewhere2

A quantidade de shoppings lembra São Paulo, mas em sua maioria com lojas de luxo que não vemos tanto em terras tupiniquins. Acredito que esse seja um grande atrativo para a enorme quantidade de turistas vindos do Oriente Médio, da China e Japão, que possuem um alto poder aquisitivo, e não imagino os próprios malaios tendo esse tipo de consumo. Alguns parecem shopping para turista ver, sabe?

kuala-lumpur-malasia-a-path-to-somewhere1

Os metros são bons, baratos e cobrem uma boa parte da cidade. Ir do aeroporto ao centro é bem tranquilo e a variedade de hotéis para os mais diferentes bolsos é enorme. A mesma coisa acontece com os restaurantes, você encontra de tudo, sabendo onde procurar, é claro!

Mas a característica mais marcante da cidade, com certeza é a grande mistura de povos e culturas. O país é formado em sua maioria por Malaios, Chineses e Indianos ou muçulmanos, budistas e hindus, porém, esses povos não se misturam. Normalmente cada um possui o seu bairro étnico e convivem pacificamente entre si.

Além disso, devido a sua posição geográfica, a Malásia também recebe imigrantes de diferentes países asiáticos, e muitas vezes não conseguimos nem mesmo identificar o que é malaio no meio de tanta coisa.

kuala-lumpur-malasia-a-path-to-somewhere6

Mas se tem tanta coisa moderna e tanta variedade de culturas, por que não gostamos tanto assim?

Para começar, nós adoramos caminhar pelas cidades em que passamos, preferimos fazer tudo o que pudermos a pé, e essa é a pior parte de Kuala Lumpur. Você até consegue fazer muitas coisas a pé, mas não é muito agradável.

A cidade toda está passando por reformas, muitas calçadas são desviadas pelas construções, carros e motos estacionam por todo canto, e atravessar as enormes avenidas que cortam a cidade nem sempre é fácil, afinal, o semáforo não serve para muita coisa por aqui.

Muitas vezes precisamos dar uma volta enorme para conseguir chegar onde queremos. Ah, e o trânsito é daqueles de ficar tudo parado, sabe? Não é exatamente o meu tipo preferido de cidade.

Também não achamos a cidade muito bonita, é apenas uma grande metrópole, sem muito charme. E normalmente adoramos cidades com um algo a mais, entendem?

E pra completar, como turista, após uns 3 ou 4 dias, você não encontra muito mais o que fazer, e a vontade de partir para o próximo destino começa a aumentar.

Mas, como disse, achamos um ótimo lugar para chegar no Sudeste Asiático e ir se acostumando aos poucos com as diferenças culturais, com a comida e tudo mais. Fomos muito bem recebidos, eles estão sempre dispostos a ajudar e com um sorriso no rosto, e isso é ótimo!

Amanhã partiremos para Malaca, uma cidade um pouco menor, ao sul de Kuala Lumpur, que foi colonizada por portugueses e ainda guarda resquícios da fase colonial.

Acompanhem pelo Instagram: @apathtosomewhere, @niniferrari, @vinny_campos e @casal.lhama

RESERVE SUA VIAGEM AQUI
Reserve seu hotel no BOOKING.COM pague em moeda local, sem depósito antecipado e com cancelamento gratuíto. Pelo HOTEIS.COM é possível pagar em Real e ainda parcelar, sem sofrer com a variação do cambio. Ou compare o preço das diárias em diversos sites através do TRIVAGO.
Prefere alugar uma casa, quarto ou apartamento? Cadastre-se no AIRBNB por aqui e ganhe um crédito para a sua primeira hospedagem. (válido apenas para novos cadastros)
Está procurando passagens aéreas baratas? Reserve aqui!
Quer visitar as principais atrações sem pegar fila? Compre seu ingresso antecipado e economize tempo.
Procurando avaliação dos principais hotéis, restaurantes e atrações? O Trip Advisor pode te ajudar.
E não deixe de conferir nossa LOJINHA. Com uma curadoria de guias, livros e acessórios para quem ama viajar.
Reserve através dos nossos links e nos ajude a manter o blog, sem pagar nada a mais por isso!
39 s
m
h
RESERVE AQUI
ESCRITO POR
Nini Ferrari
Designer, blogueira, viajante e artista nas horas vagas… Sou apaixonada por fotografia, arte, mapas e lugares novos. Nos últimos anos descobri que ainda não pertenço a um lugar só e a única certeza que tenho é que nunca vou parar de viajar…
CONTINUE LENDO
DEIXE SEU RECADO

Escolha sua plataforma de comentários favorita

Loading Facebook Comments ...
Booking.com
Copyright © 2014 - 2016 - apathtosomewhere.com.br - Todos os direitos reservados | Designed and Created by Studio Lhama
n
Designed and Created by Studio Lhama